terça-feira, julho 15

Queres ser forte?

À bastante tempo, que ando para escrever sobre como ser forte, como ser alegre, como ser "auto-estimado", como ser superior a tudo o que os outros nos dizem para nos deitar ao chão.

São um juntar de emoções e pensamentos, que iram tornar este post significativo para muitas pessoas. Mas como sempre, irão existir aquelas pessoas que se acham superiores a tudo e mais alguma coisa. Mas lá no seu fundo, não passam de pequenos pardalitos acabados de sair de baixo das saias da Mãe, e que largou a mão ao Pai. Será um post sobre tudo aquilo que sempre quiseste-te saber sobre ti. Todas as tuas lutas, todos os teus choros, todo o teu sofrimento, todas as tuas brincadeiras, e alegrias.

Por agora, ablastra-te aí na tua cadeira, ou aconchega-te bem, porque este post, vai-te deixar perdida/o do mundo que te rodeia.

Tens aquele pensamento dentro de ti, que te deixa a pensar, porque é que não és melhor que certas pessoas, porque é que não és capaz de fazer as coisas em condições, porque é que tens sempre de sofrer de uma maneira ou de outra, porque tens de ser inferior aos outros, ou não és aquilo que querias ser.
Estás sempre a pensar, naquilo que os outros possam pensar de ti, tudo o que eles pensam a teu respeito. Que estás a mostrar demasiado certas partes do teu corpo, ou que simplesmente não é essa a atitude correcta, ou porque simplesmente dizes a ti mesmo/a que és um/a fraca/o, que não consegues fazer nada correcto, que não és capaz de fazer uma coisa em condições...

Pega nesses pensamentos e deita-os fora. Deita o lixo fora.
Se o fizeres, irás ter cabeça para tudo o que quiseres.
Sim deita esses pensamentos fora, esses pensamentos de que não vais conseguir, que és um fraco, que vais cair, que não vais conseguir.
Deita tudo fora, não te preocupes com o que pode ou não acontecer.
Despeja o lixo.

Se queres ter auto-estima, tens que fazer aquilo que tu gostas de fazer, sem questionar o que pode ou não acontecer, ou se te fica mal ou não, ou se gozam ou não contigo. Apenas não te importes com o que os outros pensam. Faz as coisas para ti, apenas para te fazeres sentir bem a ti mesmo/a. Não aproveites o Dia com se fosse o ultimo.

Aproveira antes o Agora, este momento que estás a ler este texto.
O agora quando vês as pessoas numa esplanada a dar gargalhadas, a rirem-se, a beber água ou outra coisa qualquer. Sê tu mesmo/a, não mudes só porque a pessoa que te ama, te diz que assim é que é o melhor, ou porque ele gosta que tu sejas de uma certa maneira. Tu até podes gostar de ser assim, mas não te enganes a ti proprio/a.

Vai para a cama, e quando te sentires pronto para dormir, apenas abre os olhos, olha para o teto e diz em voz alta, mas atenção para não acordar ninguém. :) Diz para ti mesmo/a que consegues, que és capaz de tudo. Que és forte.

E sabes uma coisa?
Lembras-te daqueles rapazes/raparigas, que te faziam a vida negra? Que te fartavam de chatear?
Imagina-os na tua mente, e enfrenta-os, enfrenta os teus medos, enfrenta-os.
Diz-lhe: Eu sou mais do que tu imaginas, eu sou capaz de tudo, não tenho medo de ti.
Eu não irei desistir. Tu serás o proximo a ser deitado ao chão. (Derruba os teus medos)
Eu sou mais forte do que tu. - Vai respirando fundo, devagar.

A, e se és 70% ou 80% devotado á igreja católica, ou simplesmente segues alguns dizeres, simplesmente ignora-os. Eles não te iram ajudar em nada do que tu já não saibas que é verdade, ou não.
O Deus, és tu mesmo, és tu que comandas a tua vida, as tuas emoções, os teus sentimentos, e não alguém "fantasiado" na mente das pessoas. És o teu próprio Deus, tu podes tudo, tu és capaz de fazer tudo o que quiseres. Só tens de deitar o lixo fora. Não te preocupes com nada, não penses que vais falhar, apenas não te preocupes com o que pode acontecer, não fiques alermado/a se o teste vai correr bem ou não, simplesmente não ligues.

Se fizeres isto, o teste, irá correr muito melhor, não irás ter brancas (salvo excepções), e para ires fazer alguma coisa em que tu aches que não és capaz ou que não consegues, simplesmente vai lá e faz aquela coisa, ser aquela coisa.

Faz o presente valer o presente. Faz valorizar o que está a acontecer neste momento.

Lembra-te:
Já mais, hum, já mais, irás agradar a toda agente!
As emoções fazem parte da vida, não as ignores!
Não és aquilo que pensas ser!


Pensa que és forte, mas tens de realente sentir que és forte.
Porque não vale a pena dizeres e pensares que o és, se não te sentes capaz disso. Só estás a piorar os sentimentos. E tu não queres isso, pois não?

Sê livre, toca a punheta 6 vezes num dia, atinge orgasmos.
Vai rasgar as calças, vai dormir a casa de um amigo/a.
Vai ao cinema, vai te embebedar, parte um dedo (vá todos também não) :)
Faz aquilo que tu gostas de fazer. Sê tu mesmo, e não te preocupes com o futuro.
Vive o momento, o presente, o agora. Este mesmo agora, mesmo quando estás a ler estas linhas de palavras, estas frases, que dizemos que são pensamentos.

Tu és capaz.
Se por acaso te achas feio/a, não te aches.
És mais bonito do que qualquer outra pessoa.
Porque tu, tens personalidade, e és capaz de ser amiga/o de uma pessoa que te queira conhecer e fazer amizade contigo. Não és nenhum monstro, só porque te sentes feia, és mais todos nós, que nos sentimos lindos. És superior a tudo isto, és poderosa mentalmente.
Podes não ser tão linda como gostarias de ser, mas até as pessoas que se sentem feias, são lindas por fora e por dentro ao mesmo tempo, coisa que uma pessoa linda não consegue ser.

Não te preocupes se os outros te acham feia ou não. Tu tens de te sentir confian-te.
E não digas que te sentes feia e pronto não és confiante, apenas não te preocupes com a tua belesa e preocupa-te com aquilo que te faz feliz e sentir viva. Aquilo pelo que vale apena estares a viver e a ler este texto.

Se te sentes gorda ou magra, digo o mesmo que disse para quem se acha feia.
Por muito que queiras ser ainda mais magra, não faças disso a tua vida.
Existem escolhas melhores do que seres extremamente magra.
Não queiras ser magra só porque te sentes gorda, ou porque te sentes mal em ser gorda.
Eu tenho o mesmo problema, eu também não gosto de ser gordo, e sou um bocadinho na barriga, e faço de tudo para comer pouco, para não ficar com uma barriga enorme, ya tenho um pouco de anorexia em mim, mas simplesmente não ligo. Quer dizer ligo, mas não faço disto um bicho de sete cabeças. Sei controlar as emoções. Tens de entender, e falar contigo mesma. Ao estares a preocupar-te com o de seres magrinha e de comeres pouco, estás a dar pouca importancia ás outras coisas que merecem mais valor, merecem a atenção que dás em ser magrinha, ou o de comer comer comer. Tu tens de falar contigo mesmo/a.

Não te ponhas a falar com Deus por favor ou com Jesus ou com quem for.
Fas-te perguntas. O porquê de seres assim, o porque de dares tanto valor, qual será o melhor caminho para ultrapassar a tua dor.
Eu não estou a querer amar-me em psicólogo, ou em médico ou em pediatra ou seja o que for. Eu apenas estou a dar concelhos que eu dei a mim mesmo.
Quero que tu te sintas feliz em ti mesmo/a, não sofras pelas coisas.

Quando alguma coisa te deixa em baixo, faz como eu.
Sorri para ela, e pisca-lhe o olho! :) ;)

Encara as coisas, não as deixes destruir-te.

É claro que sou posso mostrar agora que sou forte mentalmente, mas digo, também tenho as minhas próprias desilusões e desabamentos internos.

Não deixes que os outros te afectem. Não so deixes entrar dentro de ti.
Conhecerem-te ao intimo, seria como matarem-te alguém que tu amas.

Muitas pessoas, pensam que são os seus pensamentos.

Existem pessoas que gostam de ti, que te amam, que te apoiam.
Até mesmo aqueles amigos super fixes que tens conheces-te na net, esses são aqueles amigos com quem tu vais falar e são aqueles amigos que fazem te sentir uma pessoa especial.
É com eles que tu desabafas, deitas tudo cá para fora. Mas apenas por palavras e frases.

Não sabe bem, quando dizemos aquilo que nos vai na mente?
De forma natural, aquilo que o ser humano é o melhor a fazer, é apenas o de pensar, e auto-destruir-se.


Esqueci-me muita coisita que ia escrever aqui. O cérebro, não é estável mentalmente.
A tua maneira de reagir e de pensar ás coisas, muda cada vez que tu te apercebes das coisas.
Deixas de ser tu mesmo, para passares a ser outra pessoa, mas continuas a ser tu.

Tu veste-te com a moda, porque tens medo da tua verdadeira personalidade e de tudo o que os outros possam pensar de ti. Tens medo de demonstrares aos outros o que tu és.
Tu apenas te maquilhas porque tens medo de ti, porque tens medo do que os outros possam pensar de certas coisas na tua cara. Não faças isso a ti mesmo/a, sê tu mesmo/a, ignora o que os outros possam pensar. Deita esses pensamentos fora. Sê forte, porque tu consegues tudo.

Alegra-te do que és, e do que tens. =)
Cada pessoa tem a sua luta.

Concluindo, faz esta pergunta a ti mesmo/a:
O que é que já fizes-te, que melhorou a tua vida?

6 comentários:

  1. Ao ler este texto percebi muita coisa... Ando a passar por esta fase que falaste...

    ResponderEliminar
  2. 3 estrelas pelos seus comntários

    ResponderEliminar
  3. Obrigado seguirei seus conselhos.

    ResponderEliminar
  4. Vim aqui parar, mas fez-me bem a leitura.
    Vou começar a treinar pois preciso mesmo destes conselhos.

    ResponderEliminar