segunda-feira, novembro 22

Deixa a tua marca numa das minhas bochechas.


Só mais uma noite, em que te digo boa noite, sussurrando ao teu ouvido, enquanto sorris de olhos fechados, e de costas voltas para mim. Uma noite, daquelas em que nos envolvemos num amor profundo com os lençóis da cama. Não digas o meu nome, não me arranhes as costas quando te sentires propriamente excitada. Evita deixar-me sozinho na cama, nesta noite fria. Estou carente do teu corpo. Trás aquela saia justa, com aquelas cuecas que só trazes com as calças postas. Sorris para mim, e sinto que te queres envolver comigo. Mordes o lábio no canto direito, olhas-me directamente nos olhos. Excitas-me coração, estás-me a deixar atrapalhado. Puxo-te pelas ancas, aproximo a minha boca do teu nariz e mordisco-o sorrindo. Olhamos-nos. Satisfeita, espetas um beijo com rapidez. 

Deixa a tua marca numa das minhas bochechas.

5 comentários:

  1. Obrigada pelo comentário no letras *
    Bem, adorei, adorei, adorei mil vezes e outras tantas mais.
    As tuas palavras despertaram em mim, ainda mais, saudades do que é poder ter o calor de alguém, que tanto queremos, ao lado :')

    ResponderEliminar