quinta-feira, abril 1

Que dois perdidos.

Não te sintas triste, não construas muros à minha volta, impedindo que te veja, ou que te possa chegar a tocar, para arrancar de ti esse mal que te vai consumindo as alegrias do teu ser. Oh, bebé, não faças essa cara, não me ponhas esses olhinhos de beicinho. Olha que o meu coração dissolve-se como açúcar em água. Dá a mão, ou põem-na no meu bolso de trás, enquanto eu procuro um bom sitio sobre a tua silhueta para a lá deixar firma e agradável ao teu andar. Limpei o céu de nuvens e pedi ao sol para reduzir a luz que emitia para a terra, para que pudesses ver as estrelas, mesmo sendo de dia. Vamos partilhar aquelas coisas que mais ninguém partilha. Fazer todas as invenções na cozinha, inventar mil e um jogos no quintal de tua casa. Jogar às cartas até que os olhos pesem. Ir atrofiar com o carteiro. Mandar vir com os meninos que por nós passarem. Eu sou o teu melhor amigo, e tu a minha melhor amiga. Vamos sair e divertir-nos. Parar num bar qualquer e por lá ficar a gramar com a música de fundo, enquanto os olhos se cruzam com mais uma multidão de pessoas que vai entrando e saindo do estáminé.

Sentir a adrenalina no corpo e subir a rua, encontrando uma discoteca, ser filho do dono de quem fornece as bebidas e entrar à pala, gritar bem alto que a noite é toda nossa e que só dali iremos sair quando não sentirmos o chão bem debaixo dos nossos pés. Ficar com a mús.ica no ouvido até às tantas da noite. Sorri para mim com ar de atabalhoada, com o cabelo todo levantado pelo vento sentido na rua. Tirar centenas de fotos antes que o álcool atinja os sentidos, fazendo-nos cair no chão que nem dois perdidos.

Vamos jogar rápido para acabar depressa.
Pedro

6 comentários:

  1. texto muito bom mesmo*
    falaste-me tu num sentimento fingido.. já pensaste que pode ser esse teu sentimento fingido que te prende e te fecha as portas para veres algo poderoso e verdadeiro que pode estar bem perto de ti?
    beijinho:$.

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca estou satisfeita ando sempre a mudar tudo. Será que têm cura ? O:

    ResponderEliminar
  3. Post lindissimo (:
    Desculpa a minha ausência!
    Agora sim, estou a 100% para comentar o teu blog mais que perfeito ^^
    Beijinhos (;

    ResponderEliminar
  4. sim, já percebo, desculpa :$
    vais certamente encontrar um amor verdadeiro quando menos esperares : )

    ResponderEliminar