domingo, setembro 13

Nem uma palavra sobre isto...

dry sea by *foximilq


Não no meu nome. Acaba já com o sofrimento. Se pelo menos as minhas palavras fossem ouvidas, eu não nem me preocupava. Mas preocupo-me demasiado com o coração que proteges de mim. Tiraste-o de mim. Mas acabaste por ficar na minha colecção de corações partidos. Como se isto fosse uma coisa que me faz ficar alegre ou contente dos meus actos, invejosos e destruidores, assim como medos capazes de me destruir as 7 almas que guardo com descuidado em mim.

A tua dor afecta-me tanto. Posso sentir as tuas agonias feitas por mim a atropelarem-te todos os teus sentidos. A afectar-te o sangue que já corre morto dentro de ti. De todas as veias que chegam ao coração, já estão abertas e rasgadas com os ardores que em ti coloquei, sem perceber, e mesmo sem o querer fazer.

Ser ou não ser o que esperas que seja já mais me terás assim. Acabo com todas as viagens da minha alma, à porta da tua, batendo-lhe com força com os nós dos dedos... A claustrofobia torna-me desesperado em forma de arranjar uma nova casa para o meu coração viver. Já morre novo, e nem assim se levanta. Espera está  erguer-se. Está a gritar bem algo qualquer coisa. Está a gritar para a minha mente: «Ele deseja a única coisa que não pode ter!»

Faz isto parar, faz parar a preocupação dentro da minha cabeça. Enche os meus pulmões com ar e dá-me um dia a mais para te tornar os sonhos realidade. Fazer o nosso ultimo dia o melhor e inesquecível, sem remorsos nem dores apegadas a tal dia.

Ela entenderá? De que não vou voltar...
Como é que alguém como eu pode matar assim uma pessoa? Eu tenho a culpa e de tudo o que aconteceu o problema fui sempre eu. E não vale apena discuir nem mandar à cara. Sei muito bem o que aconteceu. Quero tempo e espaço para poder cortar os pulsos e para me sentir mal quanto tempo tiver ainda para viver e repensar melhor e mudar as coisas que me consomem. Nem uma palavra sobre isto...

Ps: Parece mentira, mas eras tudo para mim. Demasiado para mim. Boa de mais para uma pessoa tão má como eu.

38 comentários:

  1. tu escreves bem ohé ;)

    ora, eu sou um dos 138 blogs :P

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada pedro.
    gostei muito deste, senti-o.
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. fiquei vidrada neste texto realmente!

    Elo.

    ResponderEliminar
  4. Isso vindo de ti , é um grande elogio (:
    Muito obrigada Pedro .
    Sempre com grandes textos , muito bem *

    ResponderEliminar
  5. Um grande elogio foi a força de expressão , mas sim é. Na minha opinião escreves tão mas tão bem que a minha escrita ao pé da tua ... não tem comparação :)

    ResponderEliminar
  6. Ohhh :)
    não digas isso *.* , pronto eu não faço mais comparações .
    Gosto muito do que escreves .

    ResponderEliminar
  7. Mas tens imensa gente a gostar e a apreciar o que escreves . Já é muito bom .

    ResponderEliminar
  8. "Faz isto parar, faz parar a preocupação dentro da minha cabeça. Enche os meus pulmões com ar e dá-me um dia a mais para te tornar os sonhos realidade. Fazer o nosso ultimo dia o melhor e inesquecível, sem remorsos nem dores apegadas a tal dia."

    speechless

    ResponderEliminar
  9. Obrigada eu (:
    mas mesmo assim, ainda tenho muito que aprender x)

    ResponderEliminar
  10. oh que querido :$
    então aprendemos os dois va
    masolha que eu sou capaz de fazer uns erros de gramatica, é que nunca tive aulas de português x)

    ResponderEliminar
  11. oh :)
    olha mas eu ca não me apercebo desses erros XD
    não apaga o facto de ecsreveres com o coração :)

    ResponderEliminar
  12. nota-se que sabes doque estas a falar.
    eu noque me toca a mim, os meus textos, a maior parte deles, são como um ciclo vicioso XD

    ResponderEliminar
  13. porque tipo, eu as vezes escrevo sobre cenas que como acontecem e depois passam umas smeanas ou meses e para muitas situações ha sempre um texto que se identifica ao meu estado de espirito xD

    ResponderEliminar
  14. pois mas eu costumo é expressar os meus snetimentos negativos na escrita. os positivos eu expresso fisicamente x) não consigo expressar os felizes na escrita, é como se estes fossem inexplicaveis o.o por isso cada vez que me idebtifico com um texto que ja tenha escrito, é mais quando estou em baixo x)

    ResponderEliminar
  15. eu ja tentei expressar os positivos e consigo, sort of XD
    mas enfim :b
    oh pois explicar o inexplicavel, tens uma missão pela frente, hun? :3
    e tipo ha umas coisas negativas que por muitas vezes que ja tenha escrito sobre elas, parece que tenho sempre algo a dizer sobre o assunto, e o pior é que a maior parte das vezes são coisas que sou obrigada a esqueçer, mas que não consigo --.

    ResponderEliminar
  16. é dificil e complexo. também ja escrevi muito sobre uma pessoa mas acabei por parar. longe historia e muita gente diz que não vale a pena e ha uns meses descobri que essa pessoa cagou de bem alto para mim, e ainda por cima foi cobarde o suficiente para me continuar a mentir e depois de tudo nem sequer me dar uma explicação e depois ainda tem a lata de me culpar das coisas e de começar com merdas por causa dos textos que escrevia no meu blog (sim porque depois de uma cena que aconteceu, eu apaguei-o do blog, hi5, msn, longa historia tbem XD)
    e sim, eu muita vez tenho mais para dizer doque o que realmente digo XD

    ResponderEliminar
  17. não tens tempo para te sentires mal, afinal tu és uma pessoa boa.

    Elo.

    ResponderEliminar
  18. As tuas palavras são ouvidas por mim, sempre foram :)
    Porque ainda preocupas com o coração que é protegido de ti ? Já pensaste pelo lado positivo?

    Elo.

    ResponderEliminar
  19. foi o que aconteceu cmg também, mas eu ainda heide eitar tudo ca para fora outra vez xD
    mas eu fudi-o com um post que escrevi --.
    enfim, é melhor não irmos por aqui senão eu não me calo XD
    enfim, tudo bem? (:

    ResponderEliminar
  20. ouve, eu não posso contar a historia toda por comentarios x) (tenho de contar a historia toda para a perceberes XD)
    eu estou bem sim, nostalgica mas bem xD

    ResponderEliminar
  21. és mesmo chunga, nem te das ao trabalho de o escreveres aqui :c
    tabum, tabum eu ja tou a caminho do teu profile *fhum*
    ai vou? (a)

    ResponderEliminar
  22. noum enocntro o mail ahahahahah xDDDD
    olha agora estas feito, agora ficou com esperanças que me fizesses rir, se isso não aconteçer...ai :c

    ResponderEliminar
  23. se todas as pessoas fossem como tu o mundo era muito melhor...

    adorei o texto

    ResponderEliminar
  24. Olha que não sei. Acredita que senti mesmo o que disse. Sabes sofrer por alguem é mau. Mas sofrer por alguem que acabou connosco e passado pouco tempo, continuando a preocupar-se connosco, envolveu-se com outra, admite e ainda agora teve coragem pa dizer que ia tentar 'engatar outra'. Mesmo depois de lhe jogar a cara que me tinha faltado ao respeito. E quando li o texto desejei que no mundo houvesse mais pessoas como tu

    ResponderEliminar
  25. Talvez...tambem não te conheco bem demais para o poder afirmar talvez me tivesse precepitado, defeito meu. Mas pareceu, só isso.

    provavelmente já tens problemas que cheguem pa teres de levar com os meus mas como comecei acabo.De qualquer forma desculpa qualquer coisa.
    Mas quando escrevi aquilo ainda estava encantada. Agora já nao e sem saber ajudou.m a eskc.lo a perceber k eramos demasiado diferentes pa dar certo. Desiludiu.m e ainda bem pk agora e m mais facil partir pa outra

    ResponderEliminar
  26. bem obrigada pelo elogio da peida, se bem que nao partilho da mesma opiniao ahah :p

    é isso que a escrita tem de bom, despertar tantos sentimentos sem darmos conta:D

    ResponderEliminar
  27. daqui a um tempo pode ser que sim :p

    quando se tem talento, tem
    quando se gosta, gosta
    quando sai bem, sai!
    e a ti é isso tudo

    ResponderEliminar
  28. e ainda bem que te conheces bem demais. é que sou sempre muito impulsiva e precepitada.
    Pa mim todas as pessoas sao bonitas interiormente ate provarem o contrario, tenho a mania de ver sempre a parte boa das coisas...e as duas coisas juntas por vezes nao dao muito bom resultado

    ResponderEliminar
  29. às vezes não conseguimos dar valor a nós próprios, mas isso é bom para nos irmos melhorando ;)

    ResponderEliminar
  30. eu tento sempre ver as qualidades das pessoas, smp so o lado bom. e encanto-me com pequenos gestos, coisas insignificantes que ninguem repara, que se fazem sem pensar muito, so porque sim. O que leva a que por vezes tire conclusoes precipitadas...o que e mau!

    ResponderEliminar
  31. já entendi e percebi que conseguis-te entender todos os meus receios e medos, e talvez o que sou. Sei que os tenho, que existem. Mas não os identifico com a facilidade que gostaria. Alias eu penso que me conheço, na verdade acho que vou conhecendo.
    Na verdade acho que tenho noção que o que sinto e os meus medos é algo que transparece muito em mim. Mais do que aquilo que gostaria...

    mas se quiseres adicionar-me nao perco nada em ouvir o que tens a dizer muito pelo contrario ;)
    paula_fcp_69@hotmail.com

    ResponderEliminar