terça-feira, dezembro 8

Se puder, vou construir um castelo!

the harsh light of winter by =JoX1989

"Adoro quando me provocas o coração..."

Diria que era tudo o que tinha para te dizer. Dizer ainda mais, é estragar o simples e o perfeito.

Por baixo de cada sorriso, suspiram alegrias, beijos na testa de quem me tanto atormenta sonhos todas as noites. Dá-se-me os calores, cada vez que me sorris ou dizes um Olá. Estás sempre a comer e és tão fofinha assim. Quando te vejo tão entretida a por os dedos na boca carregados de comida. Fico a sorrir por dentro. O coração palpita, gritando nomes tão belos.

Durante toda esta noite, vou sonhar contigo num mundo pequeno à parte deste. Um mundo de fantasia, tal e qual como aquelas histórias que ouvimos sobre os príncipes e as princesas mais belas dos seus reinos e das milhares oportunidades de tornarem o seu amor verdadeiro. Se puder, vou construir um castelo, para irmos para lá viver, nem que seja apenas para dormir à noite ou algum par de horas. Tornar dias curtos, nos mais longos deles todos com os pequeno gestos de carinho que gostares mais de receber. Descansar debaixo desta ou daquela árvore, vendo o campo verde ,onde os passarinhos sobrevoam com as suas majestosas acrobacias. Esperei tanto tempo, para poder vir para este mundo, e agora quero saber o que sentes quando aqui estás... Sei sim, que te poderás sentir deslocada ou que não pertences aqui. É demasiado criança ou fantasias a mais para duas pessoas. Não estou a ter os pés bem assentes na terra. Pelo menos quero que saibas que pelo menos poderei criar todo o tipo de fantasia que desejares. Escrever livros de nós, como sendo os amores de outras épocas, em mundos à parte. Distantes das bolhas de ar. Ou do seu tamanho. Escreveria poemas. Daqueles que mais gostasses de ler. Sobre amor, ou outra coisa completamente contrária ou diferente. É só pedires, e eu tentarei tornar esse gosto que te dá insaciável cada vez mais. Não és nenhuma presa e eu não te tento conquistar com palavras mansas e amorosas só para que dentro de ti, o coração se derreta e sintas que tenho de ser só para ti. Quero mudar a vida. Pega nela, dá-lhe a mão e diz-lhe em tom calmo, para esta ter calma, que tudo será desconhecido, mas no final será lindo. Todos os caminhos serão um começo.

Tenho um coração frágil. Mas não tenho medo que se parta...

5 comentários:

  1. Podes construir todos os castelos que quiseres ;)

    ResponderEliminar
  2. "Tenho um coração frágil. Mas não tenho medo que se parta..." E' esse o espirito Pedro :)

    É essa a vontade de construir castelos gigantescos que tem de te invadir todas as manhas, depois desses belos sonhos :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não tens medo? Hás-de me dizer como consegues. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Inspirada pelo espírito Natalício e pelas grandes festividades que se aproximam, tenho o prazer de oferecer aos leitores do dezperada, juntamente com a Oriflame, um conjunto de beleza Skindividual - Preserve your skin's natural beauty individually -. Para concorrer basta que deixem um comentário e tornarem-se seguidores do dezperada.

    Este passatempo termina na próxima segunda-feira, dia 14 de Dezembro. A escolha do vencedor vai ser aleatória (através do site random.org).

    ResponderEliminar